Notícias


Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Paróquias do Setor Tabuleiro II se reúnem

15/fev / PASCOMViP / FOTOS: CORTESIA

Aconteceu na manhã deste sábado (14/02), a primeira reunião de 2020 com as paróquias que compõe o Setor Tabuleiro II , estiveram presentes os párocos de cada Paróquia acompanhado por três leigos, representando a Paróquia Nossa Senhora Virgem dos Pobres, compareceram os Vigários paroquial, Pe. Enrio e Pe. Antônio Johnes mais três leigos. O encontro bimestral que desta vez aconteceu na Área Pastoral Nossa Senhora de Fátima (B. Bentes), tem a finalidade de alinhar enquanto Setor, eventos, celebrações e encontros de formação.




Conheça a trajetória de DOM ENEMÉSIO ÂNGELO LAZZARIS

Trajetória de_Dom Enemésio Angelo Lazzaris.pdf


Foto: Jacyara/PASCOMViP

Plano de Pastoral 2020 é lançado na Paróquia Virgem dos Pobres

Fillipe Lima / Pascom ViP

Na noite dessa quarta-feira (15) a Paróquia Virgem dos Pobres, no Barro Duro, celebrou o lançamento do Plano de Pastoral 2020 com a Santa Missa realizada na igreja matriz. A celebração foi presidida pelo pároco, Pe. Bruno Rodrigues e concelebrada pelo vigário, Pe. Antônio Johnes.

O dia para o lançamento do Plano de Pastoral foi escolhido para homenagear a primeira aparição de Nossa Senhora Virgem dos Pobres, na cidade de Banneux, na Bélgica, em 15 de janeiro de 1933.

Lideranças de pastorais e coordenações de movimentos das cinco comunidades que compõem a paróquia, compareceram à celebração que deu o pontapé inicial para os trabalhos de evangelização do corrente ano.

Durante a sua homilia, Pe. Bruno relembrou a caminhada paroquial vivida no ano de 2019. O período foi enaltecido pelo pároco, que meditou sobre a necessidade de uma paróquia animada pelo "ardor missionário".

"Construir a Unidade no exercício da missão não é uma tarefa simples, pois nos leva a perguntar seriamente sobre: Como está a nossa Paróquia? Conhecemos bem sua realidade? Há nela vazios, espaços ou situações não atendidas pela ação da nossa Igreja? Nossa Paróquia chega ao final de cada ano com as mesmas pessoas ou pode constatar com alegria que novos sinais de vida foram despertados e foram integrados novos membros na família de Deus? Existem iniciativas para a formação do povo na fé, das crianças aos adultos? Nossa Paróquia é animada por verdadeiro ardor missionário? Nunca é demais aprender!", disse.

Pe. Bruno prosseguiu afirmando que a paróquia deve ser organizada em nome de Cristo e que é necessária a vivência de pastorais que dialogue com o mundo.

"A Paróquia é a 'Igreja na base', lugar onde o 'Cristo se faz carne', no entanto nossa paróquia é grande e formada de numerosas pessoas, o que favorece o anonimato e torna difícil a participação mais efetiva de todos na vida e na missão da Igreja. Por isso, sejam estimuladas e valorizadas, dentro da paróquia, as comunidades menores e outras formas de comunidade e expressões de vida eclesial, onde as pessoas tenham a possibilidade de uma participação mais pessoal. Precisamos viver cada vez mais e passar de uma pastoral ocupada apenas com as atividades internas da Igreja, para uma pastoral que dialogue com o mundo. Conscientes que a revisão das estruturas não se realiza para modernizar a Igreja, mas para buscar maior fidelidade ao que Jesus quer da sua comunidade, de cada um de nós", finalizou.

Após a homilia, Pe. Antônio conduziu o momento de renovações batismais com os fiéis e distribuiu o Plano de Pastoral aos líderes das cinco comunidades paroquiais. Ao final da celebração, os paroquianos se confraternizaram no Salão Externo.